Obra de uma escola paralisada há dois anos por causa da morte do engenheiro

Trata-se da “Escola Número Oito” localizada a 54 quilómetros da cidade do Cuito, comuna da Chipeta. A obra da sua construção encontra-se paralisada desde 2018, ano em que morreu o engenheiro.

Os residentes daquela localidade que afirmam não saber o que fazer, contaram que tudo está paralisado e já se começam a registar roubos naquela instituição de ensino. Os painéis solares e os barris de água são exemplos de bens que foram levados pelos ladrões.

A autoridade tradicional da aldeia Belchior, Abel Tenente, disse à Rádio Cuquema que a situação que se vive na aldeia é má e alertou que o reinício das aulas será feito na escola em obras. O soba pede que o governo da província do Bié vele pela situação que aquela comunidade enfrenta há dois anos.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *