Até 2022 delegação da justiça e dos direitos humanos no Bié prevê registar mais de 200 mil cidadãos

A delegação provincial da justiça e dos direitos humanos na província do bié, prevê registar mais de duzentos mil cidadãos no âmbito da campanha de massificação do registo e atribuição do bilhete de identidade. A informação foi prestada recentemente pelo responsável daquele sector no Bié, Mateus Balanga.
O dirigente fez saber que o programa é nacional e a principal meta é identificar maior parte das populações por dia. Afirmou igualmente que de janeiro até à data presente foram realizados mais de 63 mil registos e e emitidos cerca de 40 mil bilhetes de identidades através das brigadas espalhadas pelos municípios, devido o convénio entre as unidades sanitárias e o ministério da justiça e dos direitos humanos.
Mateus Balanga salientou igualmente que a nível da província, estão a ser registadas mais de dois mil cidadãos e os constrangimentos estão ligados à transportação dos técnicos, assim como nas vias de acesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *