Bié: Integrantes de associação filantrópica insatisfeitos com a actuação da PN no dia da dipanda

Os integrantes da associação dos naturais amigos e defensores dos direitos e mãos solidárias dos Ngolas, mostraram-se insatisfeitos com a actuação dos efectivos da Polícia Nacional no Bié a quando da actividade levada a cabo sobre recolha de donativos.
Em declarações à Cuquema Valdemar Cawanga, coordenador do projecto da associação de carácter filantrópica, fez saber que a agremiação cumpriu com todos os procedimentos legais em dar a conhecer as autoridades competentes sobre o processo de recolha de donativos, mas o que não entende é o impedimento por parte dos efectivos da Polícia Nacional.
Valdemar Cawanga que disse se sentir insatisfeito com a actuação dos efectivos da polícia nacional, afirmou que a sua agremiação pretende abrir um processo crime contra a Polícia Nacional, e acrescentou que há necessidade dos responsáveis levarem a cabo acções pedagógicas para munir os seus efectivos.
por outro lado, para Juliana Cassova, uma das integrantes da referida associação solidária, a atitude demonstrada pela Polícia Nacional não é das melhores, pelo que apela para que comportamentos do gênero não voltem a acontecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *