Negligência coloca Bié nas estatísticas da COVID-19

Bié entrou hoje nas estatísticas das províncias com a COVID19, com o registo do primeiro caso da doença importado de Luanda.

O anúncio foi feito hoje no Centro de Imprensa Aníbal de Melo em Luanda, pelo Secretário de Estado para Saúde Pública, Franco Mufinda, durante a habitual conferência de imprensa no quadro da actualização diária dos dados da Covid-19 no país. De acordo com Franco Mufinda trata-se de um cidadão que violou a cerca sanitária provincial de Luanda para a Aldeia de Capeio, município do Cunhinga, identificado pouco depois pelas autoridades encontrando-se neste momento sob controlo dos serviços de saúde no Bié.

Em contrapartida, a população local, entrou em pânico devido a situação que tem estado dia pós dia a provocar mortes no país e no mundo.

Pouco depois do anúncio que dava conta da confirmação do primeiro caso positivo no Coração de Angola, o Governo desta martirizada província, através do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa (GCII)) apelou a população no sentido de se manter calma, porém, exortando, o cumprimento cabal das medidas de prevenção e biossegurança, através da constante lavagem das mãos com água e sabão, utilização do álcool em gel bem como o uso correcto da máscara facial em locais públicos e não só.

O país registou nas últimas 24 horas mais 16 casos, 2 óbitos e 16 recuperados. Conforme o secretário de Estado para a Saúde Pública os óbitos referem-se uma adolescente de 16 anos de idade que padecia de outra actividade do fórum respiratório e de um paciente do sexo masculino de 69 anos de idade igualmente com doença respiratória aguda.

Com estes dados, o país conta agora com 1.164 casos positivos, 54 óbitos, 460 recuperados e 650 activos, destes 18 grave e cinco em estado crítico em ventilação mecânica invasiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *