Andulo: Bloco operatório inoperante por falta de técnico especializado

O bloco operatório do hospital municipal do Andulo, encontra-se inoperante há mais de dois anos por falta de técnico especializado. A informação foi avançada nesta segunda-feira (7) no Cuito pelo director municipal da saúde daquele município, José Cambuta, durante a reunião que o governador da província manteve com os gestores das unidades sanitárias dos distintos municípios do Bié.

Segundo José Cambuta, o bloco operatório está devidamente equipado com tecnologia de ponta, mas não funciona por falta de especialistas. O dirigente frisou que este factor está na base das transferências dos doentes com risco iminente de perderem a vida, quando estes são levados para o Hospital Provincial, na cidade do Cuito, situado a cerca de 130 quilómetros. Segundo Jornal de Angola, o único especialista que trabalhava nas salas de cirurgias, um cidadão expatriado, terminou o tempo de contrato em Angola e regressou ao seu país.
O responsável salientou igualmente que as unidades sanitárias do município, deparam-se também com a falta de profissionais, pois os que lá existem não são suficientes para corresponder com a demanda populacional, uma vez que alguns postos médicos têm sido encerrados por falta de técnicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *